Textos


O Último Confete

 
Na faxina do lustre
caiu no sofá da sala
um confete
que teimou
ali se esconder.
 
Confeito
na faixa da saudade
trazendo a marcha carnavalesca
de nossa festa onde eu, Pierrô,
você, Colombina,
e
sempre um Arlequim.
 
Agora você bailarina,
ele mestre-sala
e eu
ilustre  maestro
fechando
a ala

deste carnaval.

 
Leonardo Lisbôa
Barbacena, 25/11/2017
 
_ POETAR_
https://www.facebook.com/PoetarPoesiaArte/
http://www.leonardolisboa.recantodasletras.com.br/
#poetarfacebook      #leonardolisboarecantodasletras
 
 
 
ESCREVA PARA O AUTOR:     
conversandocomoautor@gmail.com
 
Leonardo Lisbôa
Enviado por Leonardo Lisbôa em 18/02/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários