Textos


Paraíso Artificial*¹ 

“Alegria, alegria” dizia aquele garçom  no restaurante do hotel a quem chegasse para o café da manhã, almoço e jantar. Alegria, alegria buscavam todos os hóspedes nas barracas que prometiam muito axé naquela praia afrodisíaca.
 
Cada tempo promete uma distração. O de agora é a alegria do axé, do funk... Houve a alegria do “Paz, Amor e Rock’n’roll para espanto de quem ouvia bolerões e curtia a fossa do “O Meu Mundo Caiu...”
 
Quer mais alegria que a do movimento soul e da Era Disco com seus hits nas discotecas que se espalharam pelo mundo inteiro?!
 
Alegria, alegria, o que importa é celebrarmos a vida...
 
E assim o humor oscila entre melancolia e alegria. Se o romantismo cultuava a primeira, o pós-moderno estimula a alegria a qualquer preço! Se a pessoa for reflexiva, intimista, leva a pecha de ser esquisito. E lá vem o médico receitando antidepressivo...
 
Na virtualidade  todo mundo, com medo de parecer triste,  começa escrever o conjunto de  “kkkkkkk” ou rsrsrsrs.
 
Pobre do poeta que versou  “Eu tenho tudo para ser feliz / Mas acontece que sou triste...”*²
 
Ou isto ou a alegria da gente é só alegoria entre o Vinho e o Prozac.

 
 
 
Leonardo Lisbôa


REFERÊNCIAS:
*¹ a) Livro de Baudelaire, Paraísos Artificiais:  
http://www.esdc.com.br/CSF/artigo_2007_10_baudelaire.htm
b)Filme de Drama:   https://pt.wikipedia.org/wiki/Para%C3%ADsos_Artificiais_(filme)
*²  Dialética, Vinicius de Moraes: http://www.viniciusdemoraes.com.br/pt-br/poesia/poesias-avulsas/dialetica
 
 
Barbacena, 06/09/2017
Direitos do texto e foto
reservados e protegidos segundo
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998.
 
.
.
.
.
.
 
Gosta de Poesias e Crônicas?
Então curta a página POETAR:
https://www.facebook.com/PoetarPoesiaArte
 
 
_ POETAR_
https://www.facebook.com/PoetarPoesiaArte/
http://www.leonardolisboa.recantodasletras.com.br/
#poetarfacebook      #leonardolisboarecantodasletras
 
 
 
ESCREVA PARA O AUTOR:     
conversandocomoautor@gmail.com
 
Leonardo Lisbôa
Enviado por Leonardo Lisbôa em 16/05/2018
Alterado em 17/05/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários