Textos


Aliança de Ouro
 
Setembro  chega por aí e anuncia:
É tempo de trocar o lençol.
É tempo de trocar o lençol usado e manchado
para que não vire anzol.
 
Anzol de amargura dos amores já gozados.
Anzol de ódios das dores sublimadas.
Anzol dos sentimentos já dormidos e que feneceram.
 
É tempo de trocar o lençol
de seda  e cetim escorregadio
pelo refrescante linho... algodão.
O tempo do limbo acabou.
 
 
É tempo de renovar as Alianças do Amor.
 

É tempo de cuidar do coração.


 
Leonardo Lisbôa
Barbacena, 03/09/2018
Caderno da Senectude.
Direitos do texto e foto
reservados e protegidos segundo
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998.
 
 
 
Gosta de Poesias e Crônicas?
Então curta a página POETAR:
https://www.facebook.com/PoetarPoesiaArte
 
 
_ POETAR_
https://www.facebook.com/PoetarPoesiaArte/
http://www.leonardolisboa.recantodasletras.com.br/
#poetarfacebook      #leonardolisboarecantodasletras
 
 
 
ESCREVA PARA O AUTOR:     
conversandocomoautor@gmail.com
 
Leonardo Lisbôa
Enviado por Leonardo Lisbôa em 03/09/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários