Textos

Amor à Pátria
 
Ele disse que era UFANISTA.
Eu disse, sim,   temos que ter o amor à Bandeira Nacional.  
Ele retrucou “jamais será VERMELHA.”
Respondi: - Sim, jamais, mas temos que cuidar para não sermos CHAUVINISTAS.
Heim?! Ele disse “Sou de coração UFANISTA, não chauvinista. Nunca haverá VERMELHO no BRASIL”.

Retruquei: “Mas a palavra BRASIL significa VERMELHO COMO BRASA.”

Percebi que aquele FASCISTA nem se dava conta que as palavras UFANISTA, CHAUVINISTA e FASCISTA são sinônimas e que politicamente têm o mesmo sentido, o mesmo conceito. Tentei explicar.

Aí ele surtou e saiu vociferando

- COMUNISTA; PETRALHA DO INFERNO! USTRA VIVE.

Fiquei tranquilo, era só mais um brasileiro que anda com a BÍBLIA na mão e que nas aulas de HISTÓRIA estava mais preocupado com a tarefa escolar de achar o valor de X e Y.
Conhece todos os SÍMBOLOS NACIONAIS, Como eu ensinava aos meus alunos de O.S.P.B. e Ed. Moral e Cívica, símbolos de minha pátria também, o Brasil, que nunca eu deixarei ser escrito com Z,  mas que no passado, sem as atuais reformas ortográficas, era assim que se grafava “Brazil”.

E ele é  só mais um PATETA que escreve contra o PT e que se acha o POETA.
Ah, escreve contra o PT, o partido político e fere e mancha o PT, abreviatura de PORTUGUÊS.

Abraços e “INTÉ”, à moda de meu amigo “recantista”  do Recife!
 
Leonardo Lisbôa.
Leonardo Lisbôa
Enviado por Leonardo Lisbôa em 28/10/2018
Alterado em 28/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários