Textos


O Conto da Valsa
 
Os medos foram diversos.
Vários enredos deste conto.

 
Transformei   em   versos.
 
Reencontro.
 
A beleza da Flor,
você que me lê,
em leveza:

Versa desta valsa: 
a Estrela Dourada
que o sereno fez pousar

na pétala.
 


Leonardo Lisbôa
Barbacena, 14/11/2018
Caderno: Poemas Profanos (e Sacros, quase)

Direitos do texto e foto
reservados e protegidos segundo
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998.



Gosta de Poesias e Crônicas?
Então curta a página POETAR:
https://www.facebook.com/PoetarPoesiaArte



_ POETAR_
https://www.facebook.com/PoetarPoesiaArte/

http://www.leonardolisboa.recantodasletras.com.br/
#poetarfacebook      #leonardolisboarecantodasletras

 
 
ESCREVA PARA O AUTOR:     
conversandocomoautor@gmail.com

 
Leonardo Lisbôa
Enviado por Leonardo Lisbôa em 14/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários