Textos


O  Rosário do Trabalho
 
A vida simples
dos despossuídos de bens materiais:
Seu único capital,
a essência vital.
 
A mulher de fé  
vai lá de Rosário
em conta por conta rezando
Paz, Maria e Rosas.
 
O Zé Marmita  
desperta madrugada
e trabalha para pôr dormir o sol.
 
 
São destes a vida simples.
Só vive.
Vive só na simplicidade.
 
Leonardo Lisbôa
Barbacena, 03/05/2017.
Caderno da Senectude.
 
Direitos do texto e foto
reservados e protegidos segundo
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998.
 
 
 
Gosta de Poesias e Crônicas?
Então curta a página POETAR:
https://www.facebook.com/PoetarPoesiaArte
 
 
_ POETAR_
https://www.facebook.com/PoetarPoesiaArte/
http://www.leonardolisboa.recantodasletras.com.br/
#poetarfacebook      #leonardolisboarecantodasletras
 
 
 
ESCREVA PARA O AUTOR:     
conversandocomoautor@gmail.com
 
Leonardo Lisbôa
Enviado por Leonardo Lisbôa em 29/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários